©2018 by eurobeertrip2018. Proudly created with Wix.com

De onde veio a ideia da viagem

Primeiramente, não sou fabricante de cerveja, não sou sommelier, não sou um grande conhecedor de cerveja...mas tenho a principal característica que leva alguém a fazer uma loucura dessas: adoro cerveja.

Então, tudo começou em 2014, quando fiz um curso de fabricação de cerveja.

Em Brasília praticamente não se ouvia falar em cervejas especiais nesta época, então como um grande fã de cerveja(adorava um churrascão ou futebol acompanhado de uma cerveja trincando), quer dizer, em 2014 descobri que eu não bebia cerveja, por curiosidade resolvi ver como isso funcionava.

O curso foi muito interessante, e a partir daí comecei a acabar com minha saúde financeira bebendo cervejas que eram 5, 10 ou até 20 vezes mais caras que as latinhas que estava acostumado a beber. Mas essa experiência é um caminho sem volta. Comecei, além de apreciar cervejas puro malte, a ler e estudar sobre isso. Um hobby que virou um vício na minha vida.

Nessas leituras e pesquisas fui descobrindo que essa novidade no Brasil já era algo muito antigo na Europa, e também percebi que os países mais repetidos nos livros eram:

- República Tcheca – famosa pela invenção do estilo Pilsen;

- Alemanha – com sua infinidade de cervejas de trigo e a anfitriã do maior evento cervejeiro do mundo. Além disso, muito conhecida pela região da Baviera seguidora da Lei da pureza(Reinheitsgebot);

- Holanda – conhecida principalmente por ser o berço da Heineken e território de um dos mosteiros trapistas, a La Trappe;

- Bégica – referência em variedade, aqui encontra-se cerveja de tudo que é tipo, e possui 6 mosteiros trapistas, a Westmalle, Achel, Westvleteren, Chimay, Rochefort e Orval.

Tendo essas referências e mais um monte de informações, em janeiro de 2016 tive um estalo, e me perguntei: porque eu não vou lá conhecer esses lugares e beber as melhores cervejas do mundo na fonte? Comecei até a rir por dentro, isso me parecia algo muito fora da realidade, e nem eu acreditava que seria possível. Mas por curiosidade corri atrás para ver quanto seria necessário para passar de 20 à 30 dias na Europa, e cheguei a um valor mágico de R$ 600,00 por dia. Então pensei que cerca de R$ 20.000,00 já era um valor bom para passar 30 dias. Fiz uma planilha de economias para ver em quanto tempo conseguiria juntar essa grana. Cheguei a conclusão que seria em final de 2019. Por um milagre, consegui seguir os planos, e melhor, às vezes colocava uma quantia um pouco maior em um ou outro mês. Em paralelo mantive os estudos e pesquisas sobre cerveja, mas principalmente como era a Europa, ou seja, o planejamento da viagem que eu nem sabia se teria coragem de fazer. Até que tomei um susto em janeiro de 2018, vi que conseguiria ter o montante antes da Oktoberfest deste ano. Então comecei uma correria atrás de passaporte, e acelerei meu planejamento(vou detalhar mais à frente). E só acreditei que essa aventura seria real quando comprei as passagens em março. A partir daí o sonho foi virando realidade.

Aos poucos fui ficando nervoso e com medo. As expectativas eram enormes, a ansiedade era gigantesca, e enquanto mais perto mais esses sentimentos aumentavam. Eu esperava passar por experiências maravilhosas, mas ao mesmo tempo muitas dificuldades já que meu inglês era o básico do básico, só conhecia a Europa por blogs e sites, e pensava que o aprendizado seria de verdade somente quando estivesse lá.

Enfim, chegou dia 29/08/2018 e eu embarquei rumo ao velho continente.

Planejamento

Conforme falei, a ficha começou a cair de que a viagem seria realidade, somente em 2018, após a compra das passagens. Já havia lido e estudado muito sobre cervejas, e um pouco sobre a Europa. Mas quando chegou aos últimos 6 meses antes da viagem, iniciei um verdadeiro intensivo, para conseguir encaixar todo o conteúdo que eu tinha em um mapa, criando um roteiro.

Foram muitos os blogs e sites que utilizei como fonte de pesquisa. Apesar de encontrar muita ajuda, não achei um roteiro completo pelos 4 países que eu pretendia ir: República Tcheca, Bélgica, Holanda e Alemanha. As pesquisas me levaram a vários passeios muito interessantes, mas um falava que tinha ido numa rota cervejeira Alemã, outro tinha ido em 3 mosteiros trapistas, outro havia ido na Bélgica e Holanda, ou então somente na República Tcheca e mais alguns países do leste europeu...mas nenhum roteiro pronto da forma que eu queria, ou seja, uma rota cervejeira pelos 4 países.

Abaixo alguns sites que me ajudaram muito nas pesquisas e elaboração do roteiro, desde já agradeço a essas pessoas, que tornaram minha viagem possível:

REPÚBLICA TCHECA

- Roteiro com 5 bares em Praga para beber cerveja como os tchecos

- Bares tradicionais tchecos

- Como ir de Praga para Plzen

BÉLGICA

- Roteiro Trapista

Mosteiros Trapistas: Achel, La Trappe e Westmalle

- Roteiro de carro pelas principais cervejarias na região da Valônia

- Visite o monastérios, almoce e durma na Chimay

Westvleteren: Como chegar ao mosteiro

Bélgica: Cervejaria Trapista Orval

- Tour da cerveja belga em Bruxelas

HOLANDA

Conheça as melhores baladas de Amsterdã

Como chegar a famosa cervejaria La Trappe

Guia da Cerveja em Amsterdam – Melhores pubs e onde comprar 

ALEMANHA

-12 dicas para um Oktoberfest inesquecível em Munique

- Rota da cerveja na Alemanha

- Conheça o safári de cerveja que atrai turistas na Alemanha

- Rota da cerveja é rota romântica

Então, depois de muita pesquisa, mãos à obra, e o principal objetivo foi juntar o melhor de cada site e compilar em 1 mês de viagem, abarcando todos os lugares que eu tinha em mente, os quais estão no arquivo abaixo:

Outra questão importante ao iniciar o planejamento da viagem é preparar os itens obrigatórios e necessários. Em primeiro lugar o passaporte e o seguro viagem, itens obrigatórios, então solicite-os o mais rápido possível. Outros documentos necessários são identidade, carteira de motorista(caso pretenda alugar carro), comprovante de renda, e comprovante de reservas. Comigo só o passaporte foi cobrado, mas é interessante sempre ter o máximo de documentos caso seja solicitado. Além dessa documentação, ainda cito como quase obrigatório os seguintes pertences: doleira, cadeado para mala e mochila, e uma mochila.

E os gastos da viagem? Quanto eu ia sacar pra levar em espécie? E o cartão de viagem? E o cartão de crédito? São muitas as perguntas que me vieram a cabeça. Com o euro chegando a 5 reais a melhor opção seria não usar o cartão de crédito, com medo do ritmo do Brasil seguir e no pagamento da minha fatura o euro já estar uns 6 reais. Então saquei todo o dinheiro que tinha guardado para a viagem, cerca de R$ 20.000 equivalente a 4.400 euros. Não peguei esses cartões de viagem, e levei o cartão de crédito em casos de emergência. Mais a frente detalho meus gastos e assim será possível ter uma ideia de quanto gastei, tudo anotado, dia-a-dia. Mas já adianto que gastei todo o dinheiro e usei um pouco do cartão de crédito.

Agora que já falei de pertences, documentação e grana, vamos partir para o roteiro. O objetivo, como citado acima, era passar pela República Tcheca, Bélgica, Holanda e Alemanha, e como visitas obrigatórias estão os seguintes locais:

- República Tcheca – Fábrica da Urquell e tomar banho na cerveja em um spa cervejeiro;

- Bélgica – visitar os 6 mosteiros trapistas cervejeiros(Achel, Westmalle, Westvleteren, Chimay, Rochefort e Orval), Delirium Café, o Café Kulminator e o festival BelgianBeerWeekend;

- Holanda – visitar o mosteiro da La Trappe e a Heineken Experience

- Alemanha – ir na Weinhenstephan(cervejaria mais antiga do mundo ainda em funcionamento) e OktoberFest.

Além destas paradas obrigatórias existia uma infinidade de bares, restaurantes, museus e outros locais interessantíssimos que eu fui descobrindo nas pesquisas.

Pensando nos locais e tempo que seria necessário para conhecer cada um, enfim fui atrás de hospedagem. A maioria pelo site do booking.com tendo em vista que é fácil fazer reserva com cancelamento grátis. Na aba mais abaixo(Hospedagem) segue descrição das minhas reservas.

Fechados todos os detalhes agora era só organizar como ficaria o roteiro. Lembrando que fui sozinho, e passei certos perrengues que fica mais fácil se resolver quando não tem ninguém estressado ao seu lado brigando pelas cagadas que você faz, e você culpa e glorifica somente à você mesmo. Imagino que a viagem não seria a mesma caso estivesse acompanhado, ou se tivesse com filhos, ou com amigos. Então são situações que devem ser previstas antes de montar ou seguir algum roteiro.

Aqui na INTRODUÇÃO cito a sequência das cidades visitadas e um mapa com a rota. Nas páginas de DIÁRIO DA VIAGEM terá o detalhamento de cada dia.

Gastos

E agora um dos assuntos mais recorrentes quando me perguntam da viagem: Quanto você gastou?

Dividi a questão dos gastos em duas partes: "o que paguei antes de ir" e os "gastos durante a viagem". E no final um resumo com valores totais e média diária de gastos.

O registro de gastos antes de ir foi tranquilo, pois fazia compra pela internet ou no trabalho, mas os gastos durante a viagem vou confessar que era complicado. Lembrar de ir anotando cada vez que abria a carteira entre degustações, baladas e passeios é bem difícil. Devo ter esquecido de lançar alguma coisa ou outra, mas com certeza abaixo estão registrados mais do 90% do que torrei nesse viagem.

Então vamos nessa:

**A conversão das moedas está na seguinte proporção - > 1 Euro = R$ 4,70 = 25,20 CZK

O que paguei antes de ir:

Conforme a tabela abaixo o total de gastos antes de partir foi de R$ 5.944,78, aproximadamente

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Gastos durante a viagem:

Nesta seção cito o total de gastos no dia-a-dia da viagem, caso queiram maiores detalhes clique em um dos links abaixo:

*Os cálculos estão baseados em Euro. Onde o gasto foi feito em outra moeda, a conversão está ao lado.

Total de gastos durante a viagem(dia 30/08 à 27/09) - 4776,47 euros

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Total Gasto com a viagem:

O que paguei antes de ir(R$ 5.944,78 aproximadamente 1.264,84 euros)

+

Gastos durante a viagem(4.776,47 euros)

=

6.041,31 euros

Média de gasto com a viagem: 

Total(6.041,31 euros)

/

Quantidade de dias(29)

=

208,32 euros

 
 
 
Hospedagem

Neste espaço abordarei minha experiência relacionada aos lugares onde me hospedei. Então tentei passar algumas informações relevantes para auxiliar os que pretendem aterrissar nos países que visitei.

Não fiz as melhores escolhas, mas também não foram ruins. Tendo em vista que não conhecia a Europa e fiz todas as reservas pela internet, sem saber os melhores locais para se hospedar, até que me sai bem. Em resumo fiquei em lugares agradáveis, mas numa próxima viagem devo ter condições de fazer uma seleção melhor, tanto com relação a preço quanto localização, e as notas que apliquei a cada lugar é uma média entre todos os quesitos.

Abaixo segue a descrição de cada reserva:

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Data: 30/08 à 31/08

Nome(booking.com)Lisbon Destination Hostel

Cidade: Lisboa/Portugal

Endereço: Estação Ferroviária do Rossio, piso 2, Largo Duque de Cadaval, 17-2ºF, Santa Maria Maior, 1200-160

Valor(1 diária): R$ 164 / € 38,40

Site: http://followyourdestination.com/lisbon-destination-hostel

Descrição: Não sou dos maiores fãs de dividir quarto em hostel com desconhecidos. Mas tendo em vista que era apenas um dia, resolvi encarar uma estadia mais barata. Neste hostel é tranquilo de andar pelo bairro Chiado e Bairro Alto, e um ponto importante é que fica perto da estação de metrô. O local é bem arrumado, tem uma área comum bem bacana, mas não tive muito tempo para ficar por ali já que tinha só um dia e fiquei na rua o máximo de tempo possível. Gostei e acho que vale a pena para quem curte essa vida de mochileiro e quartos compartilhados.

Nota(0 à 10): 6

Indico/Não indico/Sem opinião: Indico

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Data: 31/08 à 07/09

Nome(booking.com)Aparthotel Davids

Cidade: Praga/República Tcheca

Endereço: Biskupský dvůr 3, 11000

Valor(7 diárias): R$ 1.464 / € 343,02

Site: ApartHotel Davids

Descrição: Quarto individual. Localização excelente, perto de tudo, só andei à pé na cidade inteira, e num local super tranquilo. A recepção foi muito agradável, na parte da noite, um casal jovem me atendeu super bem, mostraram mapas, e se esforçaram pra tentar entender meu inglês péssimo. E na parte da manhã e tarde o atendimento era com uma senhora, que foi muito atenciosa ao tentar me ajudar com algumas dúvidas e até deixou a recepção por uns minutinhos para me levar numa casa de câmbio ali perto. O quarto é muito bom e o banheiro é compartilhado para 2 quartos, e a limpeza tanto dos quartos quanto do banheiro não tenho reclamações. Achei um dos melhores locais que me hospedei, gostei bastante.

Nota(0 à 10): 8

Indico/Não indico/Sem opinião: Indico

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Data: 07/09 à 10/09

Nome(booking.com)Generation Europe Youth Hostel

Cidade: Bruxelas/Bélgica

Endereço: Rue de l'Eléphant, 4, Sint-Jans-Molenbeek / Molenbeek-Saint-Jean, 1080

Valor(3 diárias): R$ 717 / € 168

Site: https://lesaubergesdejeunesse.be/en/brussels-generation-europe-youth-hostel

Descrição: É um hostel bem legal, a área comum tinha bar, TV, mesa de pimbolim e de sinuca, sofás e mesas para quem utiliza notebook ou para lanchar. A área externa para fumantes tinha 2 mesas com bancos compridos e uma mesa de ping-pong também. O café da manhã era simples mas suficiente, diga-se de passagem foi o único lugar que tomei café da manhã, pois cheguei da balada direto, os demais lugares eu acordava depois que já tinha passado o horário. O quarto era bem arrumado e simples. A localização não era das melhores, mas uma caminhada de 1,5 km pro centro é bem tranquila.

Nota(0 à 10): 6,5

Indico/Não indico/Sem opinião: Sem opinião

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Data: 10/09 à 12/09

Nome(booking.com)Century Hotel Antwerpen Centrum

Cidade: Antuérpia/Bélgica

Endereço: Pelikaanstraat 20, Centro de Antuérpia, 2018

Valor(2 diárias): R$ 503 / € 118

Site: http://www.hotel-century-antwerpen.be/

Descrição: É um hotel simples, mas com um bom quarto, arrumado e limpo. O principal ponto positivo é a localização, pois fica atravessando a rua da estação principal da Antuérpia. Além disso, virando a esquina já tem uma rua movimentadíssima, com várias opções de bares, restaurantes e comércio.

Nota(0 à 10): 7

Indico/Não indico/Sem opinião: Sem opinião

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------Data: 12/09 à 13/09

Nome(booking.com)Ibis

Cidade: Tilburgo/Holanda

Endereço: Dokter Hub Van Doorneweg 105

Valor(1 diárias): R$ 313 / € 69

Site: http://www.ibis-tilburg.nl/

Descrição: É um hotel bom, com um ótimo bar e restaurante. Fiquei na rua até o final da tarde e aproveitei o hotel à noite. Comi uma salada e bebi umas La Trappes muito boas no restaurante. Depois fiquei no quarto escrevendo minhas lembranças. Eles oferecem o aluguel de bicicleta. Localização não é o forte deles, não tem muita movimentação na região, mas tem uma parada de ônibus bem na frente, então fica tranquilo de se locomover. Gostei da hospedagem, só acho que o preço podia ser pouca coisa mais baixo.

Nota(0 à 10): 7

Indico/Não indico/Sem opinião: Indico

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Data: 13/09 à 17/09

Nome(booking.com)Budget Hotel Tourist Inn

Cidade: Amsterdã/Holanda

Endereço: Spuistraat 52, Centro de Amsterdã, 1012 TV 

Valor(4 diárias): R$ 1410 / € 330,40

Site: https://www.tourist-inn.com/?utm_source=GMBlisting&utm_medium=organic

Descrição: Como falei anteriormente, não curto muito quarto compartilhado, e então somente em Lisboa e neste hostel, em Amsterdã, que tive essa experiência. O quarto tinha 6 camas, 3 beliches, uma galera bacana, mas toda hora tinha que tirar mala do armário, arruma tudo, coloca  mala no armário. Esqueceu alguma coisa? Tira mala, coloca mala, abre, fecha, coloca cadeado...mas falando sobre as acomodações, o quarto era pequeno, aquela bagunça de quarto compartilhado, mas como falei vai de pessoa pra pessoa. Não tem como um lugar com 6 pessoas ficar sempre limpo e bem arrumado. Ponto positivo era a localização, bem no meio de tudo, restaurante, comércio, bares e a Red Light ficava a menos de 10 minutos caminhando. Achei o preço bem salgado pelo hotel, mas a localização compensa bastante.

Nota(0 à 10): 6

Indico/Não indico/Sem opinião: Sem opinião

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Data: 17/09 à 18/09

Nome(booking.com)Hotel Palace

Cidade: Poperinge/Bélgica

Endereço: Ieperstraat 34, 8970 

Valor(1 diária): R$ 299/ € 70

Site: https://www.hotelpalace.be/en/hotel-palace/accommodation.html

Descrição: A cidade é muito pequena e eu cheguei numa segunda-feira com feriado, a cidade estava praticamente morta, então nada tinha movimento. Não sei dizer se o hotel é perto de um lugar movimentado. Mas é um hotel muito bom, os quartos customizados de acordo com rótulos de cervejas, achei bem bacana. A funcionária que me atendeu foi muito simpática e atenciosa, e também me ensinou como funcionava a máquina de pagamento para estacionar o carro na calçada(foi o único dos 4 dias de carro que peguei um hotel sem estacionamento próprio). Curti mas acho que o valor da diária podia ser um pouca coisa mais baixo.

Nota(0 à 10): 7

Indico/Não indico/Sem opinião: Indico

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Data: 18/09 à 19/09

Nome(diretamente no site): Auberge de Poteaupré(Chimay)

Cidade: Espaço Chimay/Bélgica

Endereço: Rua de Poteaupré 5 B-6464

Valor(1 diária): € 75

Site: http://chimay.com/en/auberge-de-poteaupre/

Descrição: Aqui eu guardo um tempo para despejar elogios. Não tem como, sou suspeito ao falar sobre dormir em um hotel de um mosteiro cervejeiro. Era um sonho desde que comecei a estudar cerveja, e foram 7 meses de ansiedade desde a reserva feita, isso mesmo, reservei o hotel com 7 meses de antecedência, e se você tá lendo isso agora e pretende dormir lá, acelere e garanta logo seu quarto. São 7 quartos somente, no meio de uma estrada, não tem movimento nenhum, só das poucas pessoas que vão lá frequentar o restaurante e beber a Chimay na fonte. Não fica perto de nada, e acho que aí está a graça, o objetivo neste dia, era dormir num local afastado, e com certeza todas as expectativas foram ultrapassadas. Ao cair da noite fiquei observando na janela, a floresta que ficava lá atrás, com o gado passando e eu tomando uma cerveja. Depois fui tomar banho na banheira e morgar umas 2 horas. O quarto é sensacional, e eu com certeza saí de lá na manhã seguinte muito realizado. Valeu muito a pena, melhor hospedagem disparada.

Nota(0 à 10): 10

Indico/Não indico/Sem opinião: Indico

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Data: 19/09 à 20/09

Nome(booking.com)Hotel Aquatel

Cidade: Dinant/Bélgica

Endereço: Rue Du Vélodrome 15, 5500

Valor(1 diária): R$ 277/ € 65

Site: https://www.dinant-evasion.be/fr/hotel-aquatel.html?IDC=221

Descrição: O hotel é bacana, o quarto estava com um cheiro meio forte quando entrei, mas abri as janelas e em pouco tempo melhorou. Fica de frente para algo tipo um parque ecológico, onde pode fazer reserva para esportes aquáticos e outras modalidades. Único quarto que peguei durante a viagem que tinha varanda, e curti demais. Fica um pouco afastado do centro, e aqui foi uma parada que eu deveria repensar a hospedagem, não pelo hotel, mas é que Dinant foi uma cidade que me surpreendeu de forma positiva nas proximidades do rio, e o hotel fica meio afastado. Mas na volta da cidade, cansado, não tem preço sentar numa varanda com o pé pra cima a noite toda com 5 cervejas tops e uns tira gostos. Então a única observação é a distância do centro, mas a noite foi compensada com um céu estrelado e muito silêncio para curtir minha degustação.

Nota(0 à 10): 7,5

Indico/Não indico/Sem opinião: Indico

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Data: 20/09 à 21/09

Nome(booking.com)Hotel Le Nid d'Izel Gaume-Ardenne 

Cidade: Florenville/Bélgica

Endereço: Avenue Germain Gilson 97, 6810

Valor(1 diária): R$ 293/ € 69

Site: https://www.lenid.be/u-c--eng

Descrição: Este hotel é na cidade mas num local sem muito movimento, apesar disso é bem perto da parada do ônibus que leva para o centro. O hotel é muito bom, certamente tá entre os melhores que fiquei, o quarto é bem grande e uma cama gigante. A vista da janela é bem bacana e tem uma área externa muito agradável. Curti demais, e achei o preço justo.

Nota(0 à 10): 9

Indico/Não indico/Sem opinião: Indico

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Data: 21/09 à 22/09

Nome(booking.com)Hotel The Moon

Cidade: Bruxelas/Bélgica

Endereço: Rue de la Montagne 4B, 1000

Valor(1 diária): R$ 234/ € 55

Site: https://www.hotelthemoon.com/en/rooms.php

Descrição: Este hotel só tem uma vantagem, a localização, e que com certeza é sensacional, bem no centro de Bruxelas. Em compensação achei bem fraco, minha pior hospedagem na Europa. Não tem elevador, o atendente não foi dos mais solícitos e o quarto era muito pequeno. Olhando pelas fotos do Booking.com me parecia que o quarto era simples mas bem melhor do que realmente é. Ainda bem que peguei a diária mais barata que achei nesse dia, pois como meu voo era bem cedo, eu pretendia virar a noite em algum bar em Bruxelas e queria só um lugar pra deixar a mala, e às 3 da manhã eu já iria pro aeroporto rumo à Munique. Tendo este objetivo, até que o local me serviu bem, mas em resumo achei bem fraco.

Nota(0 à 10): 5

Indico/Não indico/Sem opinião: Não indico

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Data: 22/09 à 24/09

Nome(AirBNB)Gelöscht

Cidade: Munique/Alemanha

Endereço: Schinkelstraße, 80805

Valor(2 diárias): R$ 652,30

Site: https://www.airbnb.com.br/rooms/20865086

Descrição: Única vez que fiquei na casa de alguém foi em Munique. Peguei um quarto inteiro, era simples mas atendeu minhas necessidades, afinal só fui pro apartamento pra tomar banho e descansar um pouco, já que estava começando a Oktoberfest. A dona, que se chama Lídia, me atendeu muito bem, foi super simpática e ainda me deu umas dicas sobre a cidade. Minha estadia em Munique foi de 6 dias, sendo 2 nesse apartamento e mais 4 em um hostel, isso tudo porque fiz uma lambança na hora de reservar, então precisei ficar em dois locais diferentes. Aqui a localização era mais perto do centro e tinha uma estação de metrô a cerca de 500 metros, então facilitava muito o deslocamento.

Nota(0 à 10): 6,5

Indico/Não indico/Sem opinião: Sem opinião

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Data: 24/09 à 28/09

Nome(booking.com)FirstSleep Boardinghouse Griesfeldstrasse München

Cidade: Munique/Alemanha

Endereço: Griesfeldstraße 10, Bogenhausen, 81677

Valor(4 diárias): R$ 1531 / € 360

Site: http://firstsleep-griesfeldstrasse-munchen-apartment.topmunichhotels.com/pt/

Descrição: Aqui fiquei novamente num hostel, mas em quarto individual, diga-se de passagem um quarto muito bom, e um ponto positivo é que foi o único com forno microondas, e advinha pra que eu usei....pra nada. Apesar de eu não ter utilizado, com certeza é um baita quebra-galho, mas eu ficava o dia inteiro na rua e não pretendia levar comida pro quarto. O local é muito divertido, uma área comum bem bacana com TV, várias mesas, máquina de salgadinhos, doces e refrigerante. No bar tem bastante cerveja também. Curti demais esse hostel, mas pra variar nada é perfeito, e a localização foi algo que me cansou um pouquinho. Ele é meio afastado, sendo necessário andar cerca de 800 metros toda vez pra chegar na parada de ônibus, e este por sua vez demorava uns 20 minutos pra chegar na estação central para pegar um metrô, e aí sim eu partir para algum destino. Tem seus prós e contras, e também achei o preço meio salgado.

Nota(0 à 10): 7

Indico/Não indico/Sem opinião: Indico

 
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now