Dia 9 - 07/09/2018
Dia da semana: sexta-feira
Local: Bruxelas/Bélgica
Hospedagem: Generation Europe Youth Hostel

Após a experiência maravilhosa em Praga tinha um receio de não deslumbrar com muita coisa nos outros 20 dias. Besteira minha, cada lugar tinha suas novidades para me apresentar.

Peguei o voo de Praga pouco antes das 7 da manhã e aterrissei em Bruxelas por volta de 8:30. Logo no desembarque fui ao duty free para avaliar preços de cervejas, realmente deu vontade de levar tudo, e caí na besteira de já comprar uma caixa, que tive que ficar carregando uns 10 dias até parar num hotel com geladeira para poder beber.

Então não se emocione, aqui estão algumas fotos para ter noção dos preços, pena que o euro estava quase 5 reais, mas ainda assim valia a pena. Só pense antes, eu na emoção esqueci que iria passar neste duty free uns dias depois e acabei carregando peso sem necessidade.

Fui pro hotel, chegando por volta de 10 horas, como sempre deixei a mala na recepção e fui conhecer a cidade. Já adiantando outra dica sobre locomoção, assim como em Praga, Bruxelas também permite se fazer grande parte da programação à pé.

A primeira visita já estava marcada como obrigatória e com data certa, o Belgian Beer Weekend. Este festival cervejeiro foi um dos balizadores do meu roteiro, junto com a Oktoberfest, eram os eventos que obrigaram a minha viagem nesta época.

O acontecimento era do dia 7 à 9 de setembro, e localizado na Grand Place, no centro de Bruxelas. A estrutura do evento era composta por um cercado com mais ou menos 30 barracas de cervejarias diferentes. É possível sair e entrar o quanto quiser. E obviamente tinha que ter um som, pra isso uma banda ficava rodando no evento entre os visitante, e eram responsáveis pela animação da galera. Inclusive, o vídeo abaixo é do dia seguinte, mas incluo aqui para ilustrar as características do evento de forma conjunta.

Não é um evento pra curtir somente um dia, não tive pressa, comprei fichas o bastante para 2 dias de degustação. Já que eu podia entrar e sair quando quisesse, fazia um tour na cidade entre cada chopp.

Eu achei demais essa festa, quem puder fazer uma viagem à Europa incluindo esta visita, faça porque é muito bom, eu a classifico como obrigatória.

Numa dessas saídas fui a um bar que havia colocado na minha lista, o Bier Circus. Um bar bem interessante, mas meu objetivo era só tomar um bom chopp no balcão mesmo. Fiquei ali degustando indicações do garçom, que trocava algumas palavras a cada copo servido. As 3 cervejas estavam ótimas, e indico a visita.

Acabei voltando ao festival para mais algumas degustações e no final da tarde fui para o hotel.

Estava cansado, já que havia acordado cedo para pegar o voo, então à noite fiquei ali pela área comum do hotel, que é bem interessante, conforme falei na INTRODUÇÃO, tinha um bar e jogos.

Tomei umas boas cervejas e fui dormir.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now